na-real   / Além das cólicas

Endometriose: Você sabe o que é mito ou verdade, sobre a doença que afeta 10% das pessoas com útero?

O Dr. Domingos Mantelli contou tudo o que precisamos saber sobre

Publicado segunda 16 novembro, 2020

O Dr. Domingos Mantelli contou tudo o que precisamos saber sobre
Menina pensando - Imagem: Jonathan Cosans

Você sabe o que é endometriose? Ela é uma doença bem séria que afeta cerca de 10% de pessoas com útero que estão em idade fértil. O nome vem do Endométrio: tecido que envolve a parte interna do nosso útero, preparando ele para receber uma gestação, que quando não ocorre, descama e é eliminado em forma de menstruação.

O problema começa quando essa descamação acontece de maneira errada. Aí, o tecido pode subir ao invés de descer, se alojando perto das trompas, útero e ovários. Os sintomas podem variar de cólicas fortes até dores durante a relação sexual e dificuldade para engravidar.

Por isso, é importante se informar sobre a doença com atenção, já que, as vezes, acabamos acreditando em informações falsas sobre a endometriose. Dessa forma, o Dr. Domingos Mantelli, médico especializado em ginecologia e obstetrícia, nos contou o que é verdade e o que é mito sobre a doença. Vamos lá!

+++LEIA MAIS: Por que nos sentimos assim?: como as redes sociais podem afetar a saúde mental dos adolescentes

 A endometriose é uma cólica menstrual forte. Mito ou verdade?

Mito. A cólica é apenas um dos sintomas da endometriose. Muitas pessoas sentem cólicas intensas antes, durante e depois da menstruação. Além das cólicas, a endometriose pode causar dor para urinar, dor pélvica crônica, dor nas costas, nas pernas e nos ombros.

 

A endometriose é uma doença genética. Mito ou verdade?

Depende. Se parentes diretos (pai, mãe, irmão ou irmã, desde que tenham útero) de uma pessoa possui a doença, ela tem um risco maior de desenvolver endometriose. ⠀⠀⠀⠀⠀

 

Não é possível reverter a endometriose. Mito ou verdade?

Mito. A endometriose ainda não tem cura, mas pode ser tratada com acompanhamento clínico — controlando os sintomas com medicamentos — ou cirúrgico — removendo lesões mais profundas.

 +++LEIA MAIS: Confira 5 lançamentos de livros para o mês de novembro!

O uso prolongado de anticoncepcionais pode “mascarar” a doença. Mito ou verdade?

Verdade. Se usada de maneira contínua, o uso de anticoncepcionais pode encobrir os sintomas da doença e, consequentemente, a existência da endometriose. Afinal, anticoncepcionais muitas vezes são indicados como tratamento e controle desses sintomas.

Último acesso: 03 Dec 2020 - 03:50:47 (1044594).