cinema   / POLÊMICA!

Ray Fisher confirma que não estará em "The Flash" e volta a acusar Warner de abuso; entenda

Ator fez um esclarecimento nas redes sociais e disse que Walter Hamada está encobrindo Geoff Johns

Publicado quinta 14 janeiro, 2021

Ator fez um esclarecimento nas redes sociais e disse que Walter Hamada está encobrindo Geoff Johns
Ray fisher como Ciborgue em "Liga da Justiça" - Divulgação/Warner Bros. Pictures

Ray Fisher, o ator responsável por interpretar o Ciborgue nos filmes da DC, confirmou nas redes sociais que está oficialmente fora do filme solo do Flash. 

Ele também afirmou que sua participação seria "muito maior do que uma ponta" no longa, e lamentou não poder voltar a interpretar o herói nos cinemas. Em um desabafo extenso, Fisher voltou a acusar o presidente da DC Films, Walter Hamada, de tentar encobrir as acusações contra Geoff Johns durante a investigação que apurava os casos de ambiente tóxico durante as refilmagens do filme "Liga da Justiça".

+++LEIA MAIS: Ray Fisher, o Ciborgue, pode ser retirado de "The Flash" após polêmicas; entenda

"Eu recebi confirmação oficial de que a Warner Bros. decidiu me remover do elenco de The Flash. Eu discordo fortemente desta decisão, mas não me surpreendo", escreveu o ator. 

Fisher fez questão de listar os motivos do porque não vai mais participar de nenhuma produção associada ao atual presidente da DC Films. "As razões por trás de tal declaração eram as seguintes: 1) as tentativas de Walter de atrapalhar as investigações de Liga da Justiça para proteger seu amigo e antigo co-presidente, Geoff Johns; 2) as tentativas de Walter proteger a si mesmo disseminando mentiras sobre mim e sobre a investigação em um comunicado publicado em 4 de setembro de 2020 no The Wrap", escreveu.

+++LEIA MAIS: Conheça a Mulher-Maravilha brasileira, nova personagem da DC Comics

"Ao invés de levar minhas acusações para frente como pedido, Walter descartou Joss Whedon e Jon Berg em uma tentativa de cobrir para Geoff Johns. Quando o alertei que Geoff era, na verdade, um grande contribuidor para os problemas vividos – incluindo racismo explícito –, Walter tentou, em vão, me fazer entregar os nomes das testemunhas que poderiam ser chamadas para falar sobre as acusações contra Geoff", seguiu falando. 

Fisher terminou o texto com a sigla A>E, que significa Accountability > Entertainment (“responsabilidade maior que entretenimento”, em português), frase que ele tem usado para assinar todas as revelações sobre os bastidores das regravações de "Liga da Justiça".

 

Último acesso: 19 Jan 2021 - 05:46:24 (1045852).