Equipe de Rita Ora ofereceu 37 mil reais para restaurante organizar festa durante lockdown inglês, afirma site

Cantora causou aglomeração em seu aniversário, no ano passado, e está sendo investigada

Publicado quinta 28 janeiro, 2021

Cantora causou aglomeração em seu aniversário, no ano passado, e está sendo investigada
Rita Ora - Reprodução/YouTube

As coisas não estão boas para o lado da cantora Rita Ora. Em novembro de 2020, a britânica revoltou a web depois de reunir amigos em um restaurante em Notting Hill, durante o segundo lockdown na Inglaterra. Agora, com o avanço de investigações sobre a suposta irregularidade no funcionamento do estabelecimento, parece que o buraco está mais embaixo.

De acordo com o jornal Daily Mail, a polícia descobriu que o circuito de filmagem do local foi completamente desativado na noite da aglomeração de Rita Ora. De acordo com o ex-chefe do restaurante, ele teria sido contatado pela equipe da cantora, para conversar sobre a realização de um evento dentro das instalações do local.

+++LEIA MAIS: Rita Ora se pronuncia após fazer festa de aniversário durante lockdown na Inglaterra: “Lamento profundamente”

Segundo o portal, os funcionários também teriam sido instruídos para não gravar, ou registrar com fotos, nenhum dos participantes da festa — motivo pelo qual as câmeras do restaurante foram desligadas entre 18h e 18h30. Além disso, foi descoberto pelas investigações que o sistema de segurança foi formatado no dia 30 de novembro — dois dias depois da festa — apagando qualquer registro da aglomeração da cantora britânica.

O ex-chefe também relatou que, ao contrário do combinado pela equipe, 17 pessoas compareceram ao estabelecimento para a festa de Ora — o informado era de que seria um grupo de 7 a 8 pessoas.

+++LEIA MAIS: Cardi B revela que gasta mais de mil dólares por semana com testes de coronavírus: “Novo negócio”; saiba mais!

Ainda, acredita-se que os representantes de Rita Ora teriam oferecido cerca de 5 mil libras esterlinas — mais de 37 mil reais — para usar o local, quebrando a lei imposta pelo país.

Entre os convidados da festa polêmica estão a modelo Cara Delevigne e a irmã de Rita, Poppy.

Último acesso: 04 Mar 2021 - 09:48:00 (1046228).